Brincário

reserva natural para a infância

O Brincário será um espaço de acolhimento quotidiano do brincar das crianças, uma reserva natural para a infância. Será, ao mesmo tempo, uma comunidade de entreajuda e de aprendizagem para pais.

Somos um grupo de mães e pais de crianças dos 2 aos 5 anos, residentes em Lisboa, interessados em proporcionar aos nossos filhos quotidianos centrados no brincar livre, no contacto com a natureza, na exploração do território físico e humano da cidade, na construção de autonomia, e no desenvolvimento de relações profundas, positivas, duráveis.

Queremos ser parte ativa neste quotidiano, queremos aprender a ser melhores mães e pais para as nossas crianças, queremos aprender a ser mais felizes no nosso dia-a-dia de pessoas de próprio direito que também são cuidadoras e educadoras de outros pequenos humanos, queremos construir uma comunidade de aprendizagem, partilha e entreajuda.

Aspiramos a ser uma comunidade de aprendizagem onde a diversidade reine (idiomas, etnias, culturas, nacionalidades, idades, rendimentos, profissões, etc), onde a inclusão seja um dado adquirido, e onde a contribuição dos pais não seja só financeira mas também em trabalho, tornando-a mais acessível e muito mais significativa.

#playbasedlearning   #freeplay   #riskyplay   #loosepartsplay   #selfdirectedlearning   #unschooling   #parentcooperative     #parenteducation   #forestschool   #outdoors   #movement   #walkingandcycling   #positivepsychology

 

Não encontrando em redor aquilo com que sonhamos, propomo-nos criá-lo!

O nosso objetivo é replicar no centro de Lisboa o modelo da Woodland Park Cooperative School, e a pedagogia popularizada pelo Teacher Tom, como base de partida.

Um dos principais focos adicionais que buscamos proporcionar ao nosso bando de brincadores é o acesso ao espaço público e a máxima ligação à natureza, cuja importância é bem descrita aqui:

Queremos implementar este Brincário na zona centro/oriente de Lisboa, nas freguesias de S. Vicente ou Penha de França, idealmente, podendo considerar-se ainda Beato, Marvila, ou mesmo, eventualmente, Olivais Sul.

Pretendemos que a deslocação das famílias para este espaço possa ser feita predominantemente a pé, de patinete, ou de bicicleta (somos a Bicicultura, afinal! laughing), em percursos de 10 a 30 min (e podemos, eventualmente, vir a conjugar isto com um comboio de bicicletas, claro!). Buscamos sustentabilidade de forma transversal, e a mobilidade e a integração na comunidade local contam muito.

És uma mãe ou pai ou outro/a cuidador/a e tens interesse em saber mais para a(s) tua(s) criança(s) vir a integrar este bando de brincadores, e tu esta turma de pais?

És um/a educador/a e estás a ver que isto tem mesmo a tua cara?

Fazes parte de uma entidade pública ou privada que vê interesse em que este projeto piloto se materialize e quer apoiá-lo de alguma forma?

⇓⇓⇓⇓